sábado, 28 de agosto de 2010

Toalha auto explicativa


Amei!!! hehehe.....se eu não soubesse da existência desta toalha, eu não saberia como continuar vivendo!! heheheh.....
Bom, esse é um achadinho da Urban Outfitters, a loja-templo dos descolados de Londres e Nova York: toalha com indicações para enxugar o rosto e o bumbum sem trocar as bolas. Que higiênico, não?

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Dicas para o casal


1. Um café pra nós dois: Aproveite que no domingo de manhã não tem nada pra fazer e invista em um belíssimo café da manhã: pães variados, sucos, frutas, ovos mexidos, frios e tudo mais que vocês gostarem. Se preferirem, há diversos restaurantes especializados. Outra opção é tomar café da manhã em um hotel de frente para a praia. Uma dica é: "Comece arrumando uma bandeja, você saberá o tamanho. Forre com uma toalhinha, coloque uma bebida que pode ser um suco fresco, um chazinho ou um achocolatado. Vai do gosto de vocês. Prepare sanduichinhos de pão com frios ou biscoitinhos e uma saladinha de frutas. Para decorar, você pode colocar uma flor"

Pé na estrada: Nada combinado para o fim de semana? Então que tal pegar o carro e curtir dois dias agarrada ao seu par sem pensar em mais nada? Homens adoram pegar o carro e passar uns dias fora. E a gente vai adorar o passeio, não é mesmo?




Dois filmes e um balde de pipoca: Para evitar uma briga no meio da locadora, que tal cada um escolher um filme a seu gosto? No fim de semana, dá para ver os dois e ambos ficam contentes.




Jantar romântico: Eleja o prato preferido do casal e delicie-se ao lado do seu amor. Uma dicas: "Planeje um jantar fora (ou em casa mesmo, se você sabe cozinhar) com comidas que excitam o olhar, o olfato e o paladar, como alho, salmão, carne vermelha e frutos do mar como ostras. Para a sobremesa, qualquer uma com chocolate e frutas vermelhas. Não se esqueça do champagne ou um vinho do Porto" pra quem gosta né?



Vamos a la playa? Outro programa que agrada a gregos e troianos é a boa e velha praia. Para variar, vocês podem escolher juntos uma praia afastada que ainda não conhecem. No final do dia, quando o sol está mais fraco, é uma delícia namorar na areia. De volta para a casa, tem gente que vai adorar a marquinha de biquíni.


terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ronaldo

Meu Deus do céu!!!!! Q horror!! Se não está assim, tá quase!!! hehehe.....ele chega lá!!!!



Casamento

Amor - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos. De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente. Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?" Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela. Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa. Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora. No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane. Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir. Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possivel. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus examos no próximo mês e precisava de um ambiente propício para prepar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais. Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis. Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a idéia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio" ,disse Jane em tom de gozação. Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio" Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório. No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado. No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim. No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei. Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias. A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração..... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos. Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse "Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mãe todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de idéia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento. Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: "Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo". Eu não consegui dirigir para o trabalho.... fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia...Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar". Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe. A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouví-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar. Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe". Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama - morta. Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso. Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!


Oração

Vocês, orem assim: "Pai nosso, que estás nos céus! Santificadoseja o teu nome.” Mateus 6:9




O fato de que Deus é o Pai “nosso” nos lembra que nenhum de nós segue Deus como filho único. Fazemos parte de uma irmandade. Somos membros de uma família. Cada filho de Deus é irmão de todos os outros filhos de Deus. Como qualquer família, podemos passar por conflitos e diferenças. Mas, se somos filhos do mesmo Pai, “nosso”Pai, então somos irmãos e temos que resolver nossas diferenças reconciliar nossos conflitos.
Apenas Jesus podia ser chamado filho único. Se alguém tinha motivos para não aceitar “outros” irmãos,esse alguém era Ele. E foi Ele mesmo que teve de se sacrificarpara que nós pudéssemos gozar desse privilégio. Se Jesus consegue nos aceitar, com certeza nós podemos aceitar uns aos outros. Cada vez que oramos para “nosso” Pai vamos lembrar disso.

Peguei!!!

Peguei seu selinho!!! bjos

Quarto de bebê




caça palavras


Dominó


Apaixonada!!! heheh....várias paixões na adolecência...hehehe

New Kids on the Block

hehehehe......que garota nesta época não foi apaixonada por eles??? hehehehe


Menudos!!! Quanto tempo!!!

Eu adooooooooooooooooooooooooravaaa!!!! hehehe



Dicas Chile


Algumas sugestões de lugares para se visitar em Santiago:

O Palacio de la Moneda – o palácio do governo;
A Plaza de Armas – a Catedral, o Correio Central, o Museu Histórico Nacional;
O Museu de Arte Pré-colombiana;
O Mercado Central – com seus peixes e frutos do mar típicos do Pacífico, e ótimos restaurantes;
Os Cerros Santa Lucia e San Cristóbal – de preferência subindo de funicular ou teleférico (de ônibus ou carro acho meio sem graça…);
La Chascona, a casa de Pablo Neruda;
O bairro Londres-Paris, e sua arquitetura dos anos 20 totalmente preservada;
Um bom passeio a pé pelo bairro residencial de Providencia;
Uma visita a uma vinícola próxima à cidade, como a
Concha y Toro.
Algumas fotos de Santiago:


Catedral Metropolitana:



Palacio de La Moeda:






Diferença entre mulher e homem!!! hehe

Pudim de leite moça


INGREDIENTES:
3 ovos
1 lata de leite moça
1 medida da lata de leite moça de leite
3 colheres de açúcar


MODO DE FAZER:

Ligue o forno para aquecer por 10 minutos em fogo baixo


Bata no liquidificador os ovos, o leite moça e o leite por 3 minutos


Faça uma calda com o açúcar, deixe esfriar um pouco


Coloque a calda numa forma com furo no meio, coloque o pudim sobre a calda


Leve ao forno, não precisa ser em banho-maria, espere ficar moreninho em cima, em torno de 40 minutos


Aguarde esfriar e leve à geladeira


É bom fazer de um dia para o outro

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Bigode

EU SUPLICOOOOOO... Vamos acabar com o Bigode feminino! Como é horroroso!
Toda mulher desse mundo deveria saber... Bigode é coisa de homem! [E olhe lá!]
Não adianta descolorir, pentear, passar maquiagem... Bigode não combina com mulher... Aquele velho ditado diz tudo: “Mulher de bigode nem o diabo pode” Com certeza não mesmo! Imagina que “belezura” de casal? Rsrs
Meninas, se você faz parte desse time procure já uma depiladora e arranque isso... Caso não, arrume horário vai no giletão mesmo, mas não se atreva a fechar esse blog e não tirar esse bigode!Será que essas mulheres nunca repararam que aquela penugem agora é quase uma taturana? Além de deixar o visual horrível e carregado!
Já parou para pensar na cena do seu namorado ou marido comentando? “Nossa que bigodinho mais lindo!” hehehehehe......
Gente, isso é quase o final de um relacionamento! hehehehe........ Vamos evitar esse constrangimento! Por isso, faço uma campanha... Extinção aos bigodes femininos! Todas vocês, mulheres de bigode, super antenada, lindas e resolvidas avisem alguma amiga um pouco mais desligada! E dessa forma os bigodes femininos estão com os dias contados!!! Eu já avisei alguém!! heheheh...... minha sogra!!!! Boa semana!

Torcedores do Inter!!! Parabénss!!!


Olha eu ai!!!!

Me pegaram no flaga heim!!! hehe....linda


BMW

Linda!!!



Coisa linda!!!

Fala sério heim!!! lindona!!!



Lembrancinha para chá de bebê...lindo

Feito para lápis!!!


Feito para clips




Ferrari!!!

Eu dirigiria um desse fácil heim!!!! Olha a moto!!!!! linda!!!!





sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Óculos de grau masculino



Para rapazes e homens diferentes, óculos de grau diferente.



Essa armação de óculos de grau masculino Ray Ban é super style. Moderna ao ultimo, essa armação é diferente, com cores diferentes.

A Ray Ban sempre inova com design diferente, qualidade que você já conhece. Escolha a cor que mais combina com você.

Nunca desista dos seus sonhos!!!

Para um José sonhador, Deus deu uma cadeira de governador.

Para um Jacó que lutou com o anjo, Deus deu o novo nome de Vencedor.

Para uma Ana perseverante, Deus deu um menino profeta.

Para um Davi guerreiro e ungido, Deus deu a pedrinha que nunca erra.

Para um Moisés obediente, Deus deu um cajado que abriu o mar.

Para três jovens corajosos, Deus deu um passaporte para passear dentro do fogo.


Para quem tem sonhos, Deus tem realização.

Para quem tem fé, Deus tem sua poderosa mão.

Para quem tem esperança, Deus tem honra e restauração.

Para quem luta e não recua, Deus tem a unção de campeão.

Nunca desista de seus sonhos, com certeza Deus os realizará todos.

A dificil arte de jogar fora!!!



Este texto é do blog de nataniel Scheffler...achei incrível, por isso coloquei no meu blog, para nunca esquecer!!!


Amo editar.Na edição é possível cortar todos os erros daquilo que uma pessoa falou.
Ou é possível deixar somente as coisas erradas que ela falou.Com a edição é possível transformar uma mesma cena original nos mais variados estilos.

Dependendo da sequência de cortes, dependendo da velocidade das imagens, dependendo da trilha sonora é possível transformar um drama em um comédia; um pastelão em documentário; um casamento em terror.

Talvez isso seja o que me fascine.Gosto de transformar as "sobras" de vídeo em bem elaborados "erros de gravação".Gosto de pegar um detalhe e transformá-lo no centro das atenções.Gosto de esconder os erros mais gritantes e ficar com um sorriso maroto nos lábios [ sendo o único a saber como foi feita a correção ].

Mas muitas vezes sinto certa dor em editar.Acontece quando é preciso sintetizar, por questões de excesso de tempo, a fala de uma pessoa.

Nesse momento sou transformado em censor.Fico com receio de calar uma voz que precisa ser ouvida.Fico com receio de abafar talvez o único momento de uma pessoa poder falar ao mundo sobre sua vida, seus sentimentos, seus pensamentos.Alguém falou que editar é "a arte de jogar fora".É uma arte difícil.Ser o juiz daquilo que deve permanecer na edição final não é fácil.Escolher os melhores momentos e deletar os menos importantes exige uma dose de sangue frio.Porém é um trabalho que precisa ser feito.A edição final precisa conter somente os melhores momentos.Não é possível assistir a tudo.Passo muito trabalho para editar minha vida.Tenho dificuldades para jogar fora seus piores momentos.Esses momentos teimam em voltar e voltar e voltar ao meu campo de visão.

No "documentário da retrospectiva de minha vida" os momentos tristes e desastrosos saltam aos meus olhos.Esses momentos insistem em serem estrelas da edição final.Minha luta de cada dia é para afastar os momentos tenebrosos da lembrança.Retirar o medo do caminho.Desobstruir da mente situações do passado que me envergonham.Ainda bem que posso editar.Vou pegar todos esses momentos tristes e reeditar.

Vou colocar uma trilha sonora cômica nos acidentes e rir assitindo com meus amigos.Nas cenas de solidão colocarei uma música erudita em imagens bem lentas para parecer contemplativo. Juntarei todas as imagens de amigos do presente e do passado para não esquecer de nenhum deles. Todos as cenas de família seram remontadas mantendo somente os momentos felizes.De todas essas edições farei um compacto bem ritmado. Rápido. Fulminante. Eletrizante. Como um filme de aventura.Esse compacto quero assistir no início de todas as manhãs de minha vida.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

MORTE DE JESUS!!!

HISTÓRIA DE JESUS PRA CRIANÇAS!!! É MUUUITO FOFO!!!

Carrocel (abertura)

Quem não lembra do carrocel né? Eu adorava!!!!! Tinha tanta dó do Cirilo!! hehe

Cavalo de fogo!!! (Desenho)

Gente, eu assistia taaaanto esse desenho quando eu era pequena!!! Bom, eu tenho sindrome de Peter Pan né? hehehe

Poesia engraçada!!!!



Gente, achei muuuuito engraçado esse texto, por isso resolvi compartilhar com todos vcsss!!!! meninas e meninos do blog!!!! hehe




"Que mulher nunca teve... Um sutiã meio furado... Um primo meio tarado... Ou um amigo meio viado??? Que mulher nunca tomou... Um fora de querer sumir... Um porre de cair... Ou um lexotan para dormir??? Que mulher nunca sonhou... Com a sogra morta, estendida... Em ser muito feliz na vida... Ou com uma lipo na barriga??? Que mulher nunca pensou... Em dar fim numa panela... Jogar os filhos pela janela... Ou que a culpa era toda dela??? Que mulher nunca penou... Para ter a perna depilada... Para aturar uma empregada... Ou para trabalhar menstruada??? Que mulher nunca comeu... Uma caixa de Bis por ansiedade... Uma alface, no almoço, por vaidade... Ou, um canalha por saudade??? Que mulher nunca apertou... O pé no sapato para caber... A barriga para emagrecer... Ou um ursinho para não enlouquecer??? Que mulher nunca jurou... Que não estava ao telefone... Que não pensa em silicone... Que "dele" não lembra nem o nome???... "

Esmalte da Chanel!!


Adoro testar cores malucas de esmalte e não nego um bom glitter. Esses dias testei um azul escuro!!! ficou show, massssss......... pra tirar foi o "ó"...terrivel!!!
Esse da foto ta lindo né? amei!!!!

Diferença entre mulher e homem!!!

Pq nós mulheres não somos assim tbém né? hehehehehehe

Dicas e Tendências para Decoração do Quarto do Bebê!


O nascimento é uma coisa incrível, principalmente
quando é do nosso filho, ai nem se fala.
Cada instante, cada preparativo, cada detalhezinho
se tornam mágicos.E dentre todos os preparativos existentes a parte de decoração do quarto
do bebê é sem dúvida umas das mais emocionantes.


Atualmente a criatividade dos pais vão além dos quartos tradicionais, eles querem transportar um mundo dos sonhos, onde cada detalhe seja pensado e concebido de acordo com suas características, afirma Tatiane proprietária da Diviana Bebê, grife especializada em decoração de quarto de bebê, que nos ajudou na lista de dicas pra ajudar você na escolha do quarto do seu bebê:

Conceituação
Já foi o tempo que uma boa decoração era apenas estética.Conceituar todo o ambiente com pequenos objetos, como o brinquedo que era da mãe, uma estampa que o pai gostava, enfim, o grande desafio é construir tudo isso de maneira harmônica e com as características do casal, traduzindo beleza em significado. Aproveitamento do espaço


Os apartamentos estão cada vez menores e geralmente o bebê acaba no menor quarto, prestar muita atenção nas dimensões dos móveis na hora da compra é essencial para não se decepcionar depois.

Praticidade
A praticidade para a mãe é muito importante para o trabalho diário, como amamentação, troca do bebê, limpeza e manutenção das peças é fundamental. Procure móveis e decorações que favoreçam isso como persianas de PVC ao invés de tecido e bonecos de pano ao invés de pelúcia. Os ursinhos de pelúcia acumulam muito ácaro.


Modernidade
O artesanal é muito usado e moderno e se encaixam perfeitamente na decoração. Com a modernização dos Ateliês é possível comprar peças artesanais com ótima qualidade. Outra tendência atual são móveis e objetos multifuncionais, como berços que viram camas, carrinhos de bebê que viram moisés, geralmente essas opções tem excelente custo benefício.


Sustentabilidade
Transmitir esse conceito para o bebê desde o começo é muito bacana, mostrar a preocupação com o meio ambiente e com a nossa produção de lixo, explicar que o consumo ficou muito mais consciente e o mesmo se mostra presente em todos os designs dos fornecedores. Não é mais legal consumir desmedidamente, só porque se tem dinheiro pra isso, é legal e certo consumir com qualidade.


Cores
Escolha sempre cores frias, em tons pastel. Cores fortes agitam demais a criança e não é bom receber esse tipo de informação tão cedo. Um resultado bacana é misturar sempre três cores, ou três tons numa mesma nuance (degradê) nos quartinhos. Sempre uma cor base, normalmente branco e mais duas. Combinação de três estampas também é muito usado, seguindo aquelas cores pré-determinadas. Muito xadrez e geométrico para os meninos e floral e poá para as meninas.

Segurança
No chão o ideal são pisos de vinil e tapetes de borracha, daquele tipo quebra-cabeça, coloridinho. Estes materiais, além de protegerem o pequenino em eventuais quedas, são de fácil manutenção.



Mais artigos na seção sobre Enxoval


10 Dicas para economizar no Enxoval - by BabyCenter


Escrito para o BabyCenter Brasil




Claro que você quer caprichar e comprar tudo de bom e necessário para o enxoval do bebê, mas isso, de modo algum, quer dizer gastar uma fortuna logo nos primeiros meses de vida dele. Ter filhos custa dinheiro, por isso nada melhor do que economizar onde for possível para que sobre mais para o futuro.


Confira a seguir as 10 dicas que o BabyCenter preparou para ajudar seu dinheiro a render e durar mais na hora das compras para o bebê.


• Prepare uma lista com todos aqueles itens menos essenciais que você gostaria de ter para, quem sabe, passar para familiares e amigos se você for fazer um chá de bebê. Assim, em vez de ficar com três cortadores de unha e nenhuma escovinha de cabelo, você aumenta as chances de ter o que precisa.


• Pergunte para pais e mães com filhos um pouco maiores o que eles consideram fundamental no enxoval. Muita gente se surpreende de descobrir que há crianças que só foram usar sapatinhos quando deram os primeiros passos. Por outro lado, várias mães adoram botar sapatinhos em recém-nascidos. Use nossos fóruns para fazer suas perguntas às mamães mais experientes.


• Parta do princípio de que os aparelhos e as novidades tecnológicas não são cruciais, a menos que sejam altamente recomendados por outras famílias.


• Compre em quantidade grande ou o maior pacote (como fraldas, por exemplo) sempre que tiver a opção. Mas só faça isso quando já tiver testado o produto, para não desperdiçar no caso de não gostar.


• Não se deixe arrebatar à primeira vista por tanta coisa linda. Adorou aquilo? Ótimo. Agora pare para pensar se é realmente necessário, e, se sim, pesquise para ver se não existe mais barato em outros lugares. Os lojistas sabem que você quer tudo do melhor e mais maravilhoso para o seu bebê, e se aproveitam do seu entusiasmo (como no mercado de coisas para casamento). Segure a empolgação, que tudo ficará tão lindo quanto, mas mais em conta.


• Aproveite itens repassados por amigas e familiares. Lembre-se de que muitas roupinhas de recém-nascidos, especialmente as mais bonitas, vestidas só em ocasiões especiais, são muito pouco usadas, e geralmente se conservam praticamente novas. Não tenha vergonha de dizer para todo mundo que aceita de bom grado roupinhas, brinquedos e até cadeirão ou outros equipamentos de segunda mão.


• Outra opção é pedir emprestado e devolver depois de usar. Às vezes você pode pegar um berço de uma amiga cujo filho está mais crescidinho, e se comprometer a devolver para que ele esteja disponível quando ela tiver outro bebê.


• Pense na qualidade e na durabilidade dos produtos na hora de comprar, para escolher os que vão durar mais. Macacõezinhos e calças sem pé, ou com pés que "abrem e fecham", servem por mais tempo. Por outro lado, bodies de malha baratinhos, mas de má qualidade, deformam à primeira lavagem e acabam dando prejuízo. Aproveite também liquidações de fim de estação, para comprar roupinhas maiores para o ano seguinte.


• Quando ganhar presentes de que não goste ou que ache que não vai usar, troque-os na loja, em vez de deixá-los ocupando espaço no armário.


• Comece com o básico e aguarde o bebê nascer para avaliar o que mais vai precisar diante do filho que teve. Não adianta nada ter um monte de casaquinhos de lã e depois não usar nenhum porque provocam alergia na criança ou fazer estoque de uma determinada marca de fralda e depois perceber que o modelo vaza demais ou também causa sensibilidade na pele do bebê.

Doença Hemolítica Perinatal - Incompatibilidade Sangüínea


Cristiane Alves de Oliveira
Laudelino Marques Lopes



Embora tenha sido inicialmente descrita desde 1932, a Doença Hemolítica Perinatal (DHPN) ainda é responsável por elevadas morbidade e mortalidade perinatais. Há vários sistemas de tipo sangüíneo classificados.
Clinicamente, os sistemas ABO e Rhesus (Rh) são os mais importantes.
A incompatibilidade relacionada ao sistema ABO é a mais comum (40% a 50% dos casos de incompatibilidade sangüínea), no entanto, gera pouca repercussão para o neonato, não requerendo tratamento no período pré-natal.
A incompatibilidade relacionada ao sistema Rh (5% dos casos de incompatibilidade) pode gerar acometimento fetal grave, necessitando de atenção, portanto, durante a gestação.

Existem mais de 200 tipos de antígenos de hemácias. Em relação ao sistema Rh, os genes Rh produzem vários antígenos, se destacando os antígenos D , C , E , c e e , sendo o antígeno D o mais importantes dentre esses, por ser o mais imunogênico.


O contato do sangue da mãe Rh D negativo com o sangue de um feto Rh D positivo leva ao desenvolvimento de anticorpos (Ac) anti-D (aloimunização). Os anticorpos da classe IgG (imunoglobulina G) atravessam a barreira placentária, causando hemólise no sangue fetal (DHPN), com conseqüente anemia fetal e óbito caso não seja identificada a patologia e instituída conduta pertinente.

Diagnóstico e acompanhamento
O diagnóstico do acometimento fetal pela DHPN inicia-se pela identificação de gestantes de risco para o desenvolvimento da doença: gestantes Rh negativo ou gestantes aloimunizadas (teste de Coombs indireto positivo), com possibilidade de gerar feto com sangue incompatível com o seu (ou seja, parceiro com sangue tipo Rh positivo).


A história pregressa é de grande importância. História de recém-nato anêmico, com icterícia grave e persistente, de feto hidrópico com morte intra-útero ou que necessitou de exsangüinotransfusão devem levantar suspeita quanto à possibilidade de DHPN na gestação atual. Nas gestantes de risco para a doença, deve-se ainda pesquisar o uso de imunoglobulina anti-Rh após parto, abortamento ou propedêutica invasiva em gestação anterior.


Uma vez diagnosticada a gestante sob risco de desenvolver a DHPN deve-se solicitar, na primeira consulta de pré-natal, a tipagem sangüínea (sistema ABO e fator Rh) da gestante e do pai da criança que está sendo gerada e o teste de Coombs indireto da gestante.
Nos casos de gestação com mãe Rh negativo e pai Rh positivo o acompanhamento vai depender do resultado do teste de Coombs indireto.


Nas gestantes não-aloimunizadas (teste de Coombs indireto negativo) deve-se repetir o mesmo teste com 28, 32 e 36 semanas de gestação (e 40 semanas de gestação caso o parto ainda não tenha ocorrido) de forma a ser diagnosticada a sensibilização materna (ou seja, a produção de anticorpos anti-Rh decorrente do contato com hemácias Rh positivo) durante a gestação.
No pós-parto imediato, deve-se solicitar teste de Coombs direto e fator Rh do recém-nascido, assim como o teste de Coombs indireto na puérpera para orientar a profilaxia da doença.


OBS.: Antígeno D u (variante D u ) : Sua identificação é importante, pois esse antígeno é uma variante do antígeno D do sistema Rh. Nos casos de mãe Rh negativo e recém-nato Rh negativo com antígeno D u positivo, a mãe pode produzir anticorpos (sensibilização) devido à presença do antígeno D u , elevando o risco de DHPN em gestação posterior, caso a mesma não receba a imunoglobulina anti-D no pós-parto.


• Nas gestantes aloimunizadas (teste de Coombs indireto positivo), a conduta das mesmas dependerá da titulação do teste de Coombs . A titulação considerada como crítica para anticorpos anti-D, na maioria dos serviços e rotinas de obstetrícia, é 1:16. Ou seja:


• Títulos inferiores ou iguais a 1:8 indicam repetição mensal até o parto.

• Títulos maiores que 1:8 (ou seja, a partir de 1:16) indicam avaliação adicional do comprometimento fetal, pois podem estar associados a comprometimento do feto (pela hemólise das hemácias fetais pelos anticorpos maternos). Os métodos utilizados para avaliação fetal podem ser divididos em invasivos (amniocentese e cordocentese) e não invasivos (biofísicos: ultra-sonografia, Dopplerfluxometria).

A amniocentese permite avaliar o grupo sangüíneo do feto e a anemia fetal através da concentração de bilirrubina no líquido amniótico. Utiliza-se a curva de Bowman para colocar o feto em 3 zonas de condutas e prognóstico distintos. A zona 3 indica doença grave fetal indicando tratamento imediato do mesmo.

A cordocentese pode avaliar os mesmos parâmetros da amniocentese e permite a realização do tratamento fetal, quando indicado. No entanto, está relacionada a maior risco da aloimunização materna quando comparada a amniocentese, já que facilita a transfusão materno-fetal.

A ultra-sonografia seriada permite observação de sinais sugestivos e evolutivos do comprometimento fetal. São sinais de comprometimento/anemia fetal: espessamento e perda da estrutura placentária (edema), sinal de duplo contorno da bexiga fetal (ascite inicial), aumento da circunferência abdominal fetal (hepatoesplenomegalia), derrame pericárdico e pleural, polidramnia.

A Dopplerfluxometria tem se mostrado método importante para avaliação fetal na DHPN. No feto anêmico, o fluxo sangüíneo fetal é desviado preferencialmente para cérebro para assegurar a oxigenação adequada. O monitoramento do pico da velocidade de fluxo na artéria cerebral média está relacionado ao hematócrito fetal. Utiliza-se a curva de Mari et al.
para classificar os fetos em grupos de conduta e prognóstico distintos. O grupo A (onde há velocidade na artéria cerebral média mais aumentada) indica tratamento fetal imediato. A classificação dentro dos grupos B, C e D, determina o intervalo de repetição do exame (de acordo com cada grupo).

Nas gestantes aloimunizadas na gestação atual , o acompanhamento apenas pelos títulos do teste de Coombs indireto com a avaliação fetal com métodos invasivos ou Dopplerfluxometria quando os títulos ultrapassarem a titulação considerada como crítica é adequada.

Porém, nas gestantes previamente aloimunizadas, o acompanhamento apenas pela titulação do Coombs indireto no sangue materno não é adequado, pois a titulação pode não predizer a verdadeira anemia fetal. Nesses casos, a anemia fetal pode ser melhor investigada pela Dopplerfluxometria para avaliação do pico da velocidade de fluxo na artéria cerebral média, sendo indicado método invasivo para avaliação fetal de acordo com os resultados deste exame.
A transfusão fetal é indicada quando o hematócrito fetal está abaixo de 30%.


No acompanhamento da gestante não-aloimunizada deve-se atentar para a profilaxia anti-D que é recomendada entre 28 e 29 semanas de gestação para todas as gestantes Rh negativo não aloimunizadas, que tenham feto com fator Rh positivo ou desconhecido, pela SOGC e pelo American College of Obstetricians and Gynecologists entre outras instituições e autores.
A mortalidade perinatal na aloimunização não tratada fica em torno de 30%. Com o acompanhamento adequado, para que o tratamento correto seja instituído, a mortalidade perinatal tem diminuição importante.


Bibliografia :

• CUNNINGHAM, F.G.; LEVENO, K.J.; BLOOM, S.L.; et al. Williams Obstetrics, 22ª ed. Ed Mc Graw Hill, 2005. • CHAVES NETTO, H. Obstetrícia Básica , 1ª ed. Ed Atheneu, 2004. • MOISE Jr, K. J. Management of Rhesus Alloimmunization in Pregnancy. Obstet & Gynecol, v 100, n o 3 , 600-11, 2002.


Fonte: http://www.cpdt.com.br/

Secreção vaginal na Gravidez!


Escrito para o BabyCenter Brasil



Pontos principais: um aumento das secreções vaginais é normal, mas converse com seu obstetra se perceber algum odor forte ou desconforto.



É impressão ou realmente tenho mais muco vaginal agora que estou grávida?
É bem comum ter uma quantidade maior de secreção vaginal (também chamado de leucorréia) durante a gravidez. A maior parte das causas é benigna e normal. Esse muco, que tem aspecto leitoso e praticamente inodoro, é causado pelo aumento do fluxo de sangue na área da vagina, mas não chega a ser muito diferente do tipo que você já tinha antes de engravidar -- só o volume que é bem maior.


Para algumas mulheres, a produção de muco aumenta à medida que o parto se aproxima. Na realidade, a maior quantidade e um aspecto mais grosso dessa secreção ao final da gravidez podem ser sinal de que o grande dia está chegando. Você também vai notar bem mais muco quando o chamado tampão do colo do útero -- uma grossa camada de muco -- se soltar, pouco antes do trabalho de parto.


Como lidar com as secreções?
Lembre-se de que elas são mais uma das muitas mudanças temporárias que vêm com a gravidez. Mantenha a área genital limpa, use calcinhas de algodão, evite calças justas ou de nylon, perfumes e sabonetes desodorantes. Se precisar, utilize absorventes de uso diário, e nunca absorventes internos.

Os médicos recomendam evitar dirigir duchas fortes para dentro da vagina, porque em casos raros elas podem introduzir ar no sistema circulatório pela própria vagina, algo que pode levar a complicações sérias.

As secreções podem ser sinal de alguma coisa mais grave?
Se o corrimento mudar de aspecto, preste atenção. Cheiro forte, consistência mais grossa, coloração amarelada ou esverdeada, coceira ou queimação podem ser sinal de candidíase ou alguma outra infecção. Fale com seu médico, já que isso deve ser tratado antes de o bebê nascer. Converse também com o obstetra caso note um corrimento amarronzado, sem sangramento.


O que faço para prevenir uma infecção vaginal?
Não há um método garantido, mas veja algumas dicas para tentar evitá-las:


• Lave bem as mãos antes e depois de ter contato com a vagina e limpe a área da frente para trás depois de ir ao banheiro.


• Tente tomar iogurte natural ou bebidas com lactobacilos vivos, que podem ajudar a combater infecções.


• Reduza o máximo que conseguir o açúcar refinado de sua alimentação.

Novidades na área de saúde para facilitar a sua gravidez e o pós parto


Teste de gravidez feito em casa com a precisão de um laboratório

Basta um furinho no dedo para você descobrir com 99,5% de precisão se está grávida. A ideia do novo autoteste chamado Accurate é unir a praticidade de um teste de urina e a segurança de um exame de sangue. Ele é capaz de detectar através de uma gota de sangue a presença do hormônio hCG, produzido após a fecundação. O exame pode ser feito a partir da primeira semana de gestação e o resultado sai em 10 minutos. Produzido pelas empresas Lifemed e FK-Biotec, o produto chega ao mercado no segundo semestre e custará, em média, R$ 30.


Dispositivo para reduzir as dores do parto


Foi após sofrer muito durante o trabalho de parto que Yael Golombek, diretora geral da empresa israelense ACU Medical Technologies, decidiu criar um aparelho capaz de amenizar as contrações. O resultado é o massageador EasyLabour, desenvolvido por engenheiros com a ajuda de obstetras.

O produto tem formato de cinta que deve ser colocada na região pélvica assim que a gestante começa a sentir os primeiros sinais do parto. O massageador fica nas costas e você pode regular a intensidade do movimento. O dispositivo é baseado na pressão por contato, uma técnica terapêutica não invasiva, destinada a aliviar a dor. Inicialmente ele será vendido apenas para hospitais, por isso, não há previsão de preço.

Mas, em breve, a empresa pretende atender ao consumidor final. Menor bomba extratora de leite do mundo
Imagine como seria bom se você pudesse tirar leite enquanto cuida do seu bebê ou lê um livro. Com a bomba Freestyle, da marca suíça Medela, isso já é possível. O aparelho pode ser acoplado ao sutiã e não necessita de auxílio manual. Ele também armazena em sua memória informações das extrações efetuadas, como o padrão de sucção preferido, por exemplo.

Funciona com baterias recarregáveis e estará à venda a partir da próxima semana. Ainda não há previsão de preço. Ultrassom na sua casa

Ter a possibilidade de acompanhar o crescimento do seu filho em sua barriga mesmo sem poder sair de casa, no casoem uma gravidez de alto risco. Para atender essas e outras situações de emergências que a empresa italiana Esaote criou o MyLabOne, um equipamento de ultrassom portátil que pode ser levado para qualquer lugar, inclusive para sua casa.
O aparelho é fixado ao braço do médico com o auxílio de tiras. Para funcionar usa baterias de longa duração. MyLabOne começa a ser comercializado a partir do último trimestre do ano e será vendido apenas para médicos e técnicos de medicina de imagem.


Fonte: Revista Crescer

Gravidez: Posso mesmo ter relações sem machucar o bebê?!

Se você teve algum tipo de sangramento de escape ou spotting no início da gravidez, é possível que seu médico a aconselhe a não manter relações sexuais com penetração até a 14a semana. Em outras circunstâncias, não há motivo físico para que você não transe durante toda a gestação.


Mesmo com a penetração, o pênis não tem como machucar o bebê. Nos primeiros meses, porém, o cansaço, a náusea, a dor nos seios, o estresse e a preocupação de um modo geral talvez impeçam você de sentir o mesmo desejo de antes. Para muitas mulheres, isso tudo muda com o passar da gestação.



No caso dos homens, alguns também temem machucar a parceira ou o bebê durante o ato sexual, e outros enfrentam maior dificuldade para se ajustar ao novo corpo da mulher. Com o passar dos meses, talvez você comece a se incomodar com o peso de seu companheiro, se for adepta da posição tradicional papai-e-mamãe.



Procure ser criativa e experimentar posições sexuais que sejam mais prazerosas. No final da gravidez, talvez seja necessária certa ginástica para que o sexo não fique muito desconfortável. Outro fato a se ter em mente mais no fim da gestação é que o sexo libera oxitocina na corrente sanguínea, o hormônio que ajuda o colo do útero a se preparar para o trabalho de parto, e também pode provocar contrações.



O sêmen, rico nas prostaglandinas naturais que ajudam o útero a se contrair, também pode apressar o parto. Isso é absolutamente normal se sua gestação estiver decorrendo sem maiores problemas, mas o médico poderá recomendar abstinência sexual no último trimestre caso você tenha histórico de trabalho de parto prematuro.



NÃO FAÇA SEXO ANAL!!!! ESSA JÁ É A OPINIÃO DA MARIE, NA REPORTAGEM ELES FALAM QUE TUDO BEM E QUE É SÓ PARA TOMAR CUIDADO COM HEMORRÓIDAS!!! MAS BIBLICAMENTE É ERRADO!!!



Algumas pessoas deixam de manter relações sexuais durante toda a gravidez. Embora tal atitude seja perfeitamente normal, se acontecer com você e seu parceiro, conversem bastante para que a questão não se torne um fantasma entre vocês.





Fonte: Baby Center Brasil http://brasil.babycenter.com/pregnancy/e-seguro/sexo/

Óleo de Linhaça pode trazer riscos na gravidez!


Meninas, li essa matéria no Guia do Bebê e achei importante divulgar:



Riscos do óleo de linhaça na gravidez
Se fosse perguntado para as mulheres grávidas quais produtos prefeririam ingerir entre um remédio ou uma substância natural, com certeza as respostas seriam os produtos naturais.
Isso porque existe o conceito de que as substâncias naturais são mais inofensivas para seus bebês.

Mas será que são tão inofensivos assim?
Não é o que sugere uma pesquisa feita na Universidade de Montreal, Canadá. O estudo revela que o óleo de linhaça pode ser muito prejudicial para a gravidez da mamãe.


O coordenador do trabalho, Anick Bérard, relata que tanto os benefícios quanto os riscos dos produtos naturais não são tão conhecidos e estudados como os remédios prescritos pelos médicos.


A pesquisa estudou 3.354 mulheres e 10% delas usaram produtos naturais durante a gravidez. Entre os mais queridinhos das mamães estavam a camomila, 19%, o chá verde, com 17%, a hortelã e o óleo de linhaça, ambos com 12% da preferência.


Ao associarem parto prematuro com o consumo de produtos naturais, o resultado indicou que o óleo de linhaça aumenta a ocorrência do parto prematuro.


O óleo de linhaça consumido nos últimos dois trimestres da gestação podem aumentar em até 4 vezes os riscos de um parto prematuro. Bérard diz que os riscos de prematuridade são de 2 a 3%. Com o consumo do óleo de linhaça esse número pode subir para 12%.


O mesmo não se aplica para as mulheres que consomem a semente de linhaça. O parto prematuro só está ligado ao consumo do óleo de linhaça. Mais estudos devem ser realizados para comprovar efetivamente esse resultado.


Dicas
Mesmo precisando de mais estudos, cuidado ao consumir o óleo de linhaça na gravidez.
Ao preferir realmente ingerir um produto natural, converse muito com o seu médico sobre os benefícios que realmente esse produto trará.


Sempre siga as orientações do seu médico.
Bruno Rodrigues


Fonte: http://guiadobebe.uol.com.br/gestantes/oleo_de_linhaca.htm

Dez dicas de psicólogos para lidar com problemas de fertilidade!




Sei bem como essa fase de treinante mexe com o psicológico da gente, então vi essa matéria e achei que devia compartilhar aqui, pois pode ajudar vcs, olhem só:


"Escrito para o BabyCenter Brasil



A pressão da família e da sociedade para ter filhos muitas vezes é enorme, e o fato de não conseguir engravidar pode fazer a pessoa se sentir um completo fracasso. Conversamos com psicólogos que trabalham com casais com problemas de fertilidade para descobrir como suportar a situação da melhor maneira possível. Leia as dicas abaixo:

Admita que a dificuldade de gravidez é uma crise na sua vida


Ter dificuldade para engravidar pode representar uma das fases mais difíceis da sua vida. Não é frescura, não é um capricho. É um motivo perfeitamente justo para ficar triste. Para a psicóloga Kate Marosek, que atende casais em Washington, nos EUA, é importante que a pessoa reconheça que o problema é sério. "É normal ter uma sensação profunda de perda, ficar estressado, triste ou sem saber o que fazer", diz ela. "A pessoa não pode se recriminar por se sentir assim." Encarar e aceitar o que você está sentindo ajuda a suportar essas emoções e a pensar mais racionalmente.

Não se culpe pelo problema


Procure resistir à tentação de ficar brava consigo mesmo, de ouvir aquela vozinha que lá no fundo fica dizendo: "...Eu não devia ter esperado tanto...", "...Eu não devia ter tomado pílula por tanto tempo...", "...Por que não me cuidei melhor?". Esse tipo de pensamento negativo só piora as coisas, afirma o especialista Yakov M. Epstein. Quando você começar a ter esses pensamentos sobre o que "devia" ou "podia" ter feito, lembre-se de que problemas de fertilidade acontecem, não são culpa sua. Mesmo que você tenha tomado decisões no passado e hoje se arrependa, aquilo já passou, não adianta mais ficar remoendo. Tente se concentrar no seu futuro e nas coisas boas que virão quando o problema for finalmente superado.

Trabalhe em equipe com seu companheiro


Você e o seu parceiro precisam se ajudar nesta hora difícil. Evite a todo custo a armadilha de culpar o outro pela dificuldade de engravidar. "Trabalho de equipe" não quer dizer que vocês dois tenham que sentir a mesma coisa ao mesmo tempo. Seria impossível. O que dá para fazer é procurar sempre prestar atenção no que o outro está sentindo naquela hora. "Quando um cuida do outro, os dois podem se unir para combater o problema juntos", diz a psicóloga Kate Marosek. Tentem encontrar, juntos, maneiras realistas de dividir o estresse e a frustração. Se a mulher está passando por um tratamento, o homem pode assumir a compra de remédios e a papelada para o plano de saúde, para o imposto de renda etc. Se um precisa tomar injeções em casa, o outro pode fazer a aplicação.

Aprenda tudo o que puder sobre o problema

Leia sobre problemas de fertilidade e faça todas as perguntas que quiser ao médico, sem medo ou vergonha. Um jeito de entrar em contato com outras pessoas na mesma situação é visitar fóruns de discussão como os do BabyCenter, para trocar ideias sobre as emoções e dificuldades dos tratamentos.
Na área de reprodução humana, as técnicas mudam rápido, e você corre o risco de não poder tomar decisões por si só se não souber do que o médico está falando. Isso é ainda mais importante porque os tratamentos de fertilidade muitas vezes envolvem dinheiro. As clínicas podem ter interesse em "vender" o tratamento mais caro, e você precisa saber ao menos discutir a necessidade ou não do procedimento. Para começar, dê uma olhada na nossa área sobre dificuldade de gravidez.

Estabeleça um limite de até onde tentar

Há casais que decidem, desde o começo, que não vão apelar para tratamentos muito complexos na tentativa de ter um bebê. Outros resolvem fazer todo o possível, não importa quanto tempo demore ou quanto custe, para realizar o sonho. Só vocês podem chegar à conclusão de quando é hora de parar de tentar. É uma decisão que precisa ser tomada pelo casal, muitas vezes em conjunto com o médico. Mas é provável que você se sinta mais no controle das coisas se tiver um plano mais ou menos pré-traçado.
Um bom começo é pensar naquilo que você não quer fazer. Há pessoas que descartam a adoção ou o uso de gametas doados. Há outras que preferem não se submeter a tratamentos invasivos e caros como a fertilização in vitro. Nenhuma decisão será definitiva, mas ela ajudará você a se situar melhor, até em relação a seus próprios sentimentos e conflitos internos.

Pense em quanto vocês estão dispostos a gastar

Tratamentos de fertilidade são caros, e não vêm com garantia de sucesso. Por isso a questão do dinheiro é importantíssima. É preciso levar em conta que os remédios também são muito caros, portanto é necessário perguntar para o médico quanto o medicamento vai custar, se existe alternativa mais barata, se há algum lugar específico para comprar com desconto, e qual será mais ou menos o custo total dos remédios. Vocês precisam pensar também que a duração do tratamento não é definida: pode ser que funcione logo de cara, pode ser que seja preciso segui-lo por meses ou até anos. E, se houver embriões a ser guardados na clínica, isso também tem um custo, que não é baixo.
Em primeiro lugar, descubra onde fazer o tratamento. Se tiver plano de saúde, informe-se para ver quais são os procedimentos cobertos. No Brasil, são raros os planos que cobrem tratamentos de fertilidade, mas vários dos exames e pequenas cirurgias fazem parte do cuidado normal à saúde da mulher, e por isso estão incluídos na cobertura. O melhor jeito de descobrir isso é conversando com o médico e com outras pessoas que já passaram pelo tratamento. Você pode tentar encontrá-las em fóruns de discussão como os do BabyCenter. Infelizmente os poucos serviços públicos que tratam a infertilidade gratuitamente têm filas enormes, mas sempre vale a pena se informar sobre o que existe na sua região. Existem centros que subsidiam os tratamentos e clínicas que fazem planos de pagamento especiais, incluindo mais de um ciclo. Não se esqueça de incluir o custo dos medicamentos na previsão de gastos. Por mais duro que seja, você tem de se lembrar de que o tratamento de fertilidade é um investimento às cegas, porque você pode acabar gastando todas as suas economias sem conseguir o resultado desejado.

Busque o apoio de profissionais e de pessoas com o mesmo problema


A sociedade não se dá conta do tamanho da tristeza que a infertilidade provoca. A reação mais natural daqueles que não conseguem ter um bebê é esconder essa tristeza, o que acaba aumentando a sensação de isolamento e de vergonha.
"Encontrar outras pessoas que estejam passando pela mesma coisa pode ajudar a entender que muita gente tem problemas de fertilidade, e que a decepção é totalmente compreensível", diz Linda Klempner, psicóloga que atua em Nova Jersey, nos EUA. A internet é uma boa aliada nesses casos, porque facilita o contato de pessoas na mesma situação, de um modo que elas se sentem à vontade para desabafar. Converse com o médico também para ver se a clínica não possui um serviço de psicologia especializado. Há centros de tratamento que se preocupam com essas questões, pois seus profissionais sabem melhor que ninguém o peso e o estresse que a dificuldade de gravidez provoca.

Dê-se o direito de evitar atividades que envolvam bebês


Se certas ocasiões são muito difíceis para você, como ir ao chá de bebê da colega que engravidou sem querer, sinta-se no direito de não ir. E, se a situação for inevitável, já que muitas vezes o bebê é de uma pessoa muito querida, não se culpe pela tristeza que sentir depois, e deixe as lágrimas escorrerem quando chegar em casa. Na hora de comprar um presente, se for muito difícil entrar numa loja para bebês, prefira comprar um livro, já que as seções infantis de livrarias são bem mais inofensivas que lojas cheias de macacõezinhos e mulheres barrigudíssimas.

Procure equilibrar otimismo e pé-no-chão


No meio de um tratamento ou procedimento, você precisa ser otimista. É compreensível, no entanto, ficar cauteloso para não se iludir demais. Pergunte ao médico, em porcentagem, quais são as chances de sucesso, para procurar ter em mente que pode dar certo, mas pode não dar. A tecnologia é tanta que muitos casais são levados a crer que algum tratamento vai funcionar, e vão tentando por anos a fio. É importante saber, no entanto, que cerca de um terço dos casais que passam por tratamentos de fertilidade acabam não conseguindo ter um filho biológico. É uma realidade dura, mas por isso mesmo é preciso considerá-la.

Cuide-se e procure ter outros interesses


Passar por um tratamento de fertilidade é quase como um emprego, pois exige tempo e dedicação, além de ocupar praticamente toda sua cabeça. Assim, você precisa deixar espaço para alguma outra atividade ou hobby que lhe dê prazer. Uma saída com as amigas (de preferência sem filhos!), um trato especial no salão de beleza, uma massagem ou um bom filminho com pipoca em casa são opções. Você pode experimentar coisas novas, como aquela aula de artesanato ou ioga que sempre quis fazer, ou aquela caminhada todas as manhãs. Ou quem sabe adotar um bichinho de estimação para já poder se chamar de "mamãe"...

PLANEJANDO A GRAVIDEZ (fertilidade)


Para poder calcular um período fértil você precisa ter um ciclo regular (c/pouca variação de dias em 3 ciclos seguidos, no máximo 3 dias de variação). Se teu ciclo não é regular a 1a coisa é procurar o ginecologista e identificar porque isso acontece.



A 1a coisa é saber quantos dias tem seu ciclo, para isso conte o 1o dia da menstruação(1o dia de fluxo) como o 1o dia do ciclo e conte até o dia anterior a próxima menstruação. Exemplo, você menstruou no dia 01/06 e depois dia 01/07, então dia 01/06 é o 1o dia do ciclo e o dia 30/06 o último dia do ciclo, dando um ciclo de 30 dias. Esse controle deve ser feito pelo menos 3 ciclos seguidos, ou seja, vc precisa saber o nro de dias dos 3 últimos ciclos, o dia das 4 últimas mesntruações.



Sabendo o nº de dias do seu ciclo, sendo regular, basta fazer o seguinte cálculo:


1- nº de dias do ciclo
2- dia da provável ovulação


Sabendo o período fértil será:


PF : Do dia da provável ovulação - 3 .........ao dia da provável ovulação + 3


Exemplo para um ciclo de 30 dias:
30 : 2 = 15

PF - Do 12° dia do ciclo ao 18° dia do ciclo.


** Na seção de Calculadoras do Blog tem uma Calculadora de Ovulação muito boa, que pode fazer os cálculos para você




Para saber mais leia tb


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Gravidez ( sintomas)

Os especialistas acreditam que a progesterona e o estrogênio -- os hormônios femininos que regulam o ciclo reprodutivo -- sejam parcialmente responsáveis por isso, mas, o fato é que grande parte dessas alterações é simplesmente causada pelas enormes mudanças relacionadas à gestação. Pode ser que de uma hora para a outra você passe da alegria de ter um filho à pergunta: "O que foi que eu fui fazer com minha vida?". Mesmo quando a gravidez é bem planejada, muitas mães vêem-se tomadas por preocupações em relação ao futuro, ao relacionamento com o parceiro ou às responsabilidades financeiras que vão aumentar. Alguns efeitos físicos da gestação, como azia, cansaço e vontade frequente de fazer xixi também acabam mexendo mais com suas emoções.


Em que fase da gravidez as variações de humor são piores?
Elas costumam ser mais pronunciadas nas 12 primeiras semanas e tendem a diminuir à medida que seu corpo se adapta ao bombardeio hormonal a que é submetido. Mas no finalzinho da gravidez, com a ansiedade da aproximação da "hora H" do parto, as lágrimas podem voltar a ser suas companheiras fiéis.


Dá para "administrar" tamanha variação de sentimentos?
Essas variações fazem parte da experiência de se estar grávida. A consciência de que você está se comportando conforme o esperado (e conforme ditam seus hormônios) talvez sirva para aliviar um pouco da culpa por tantos altos e baixos. Não seja dura demais com você mesma. Faça alguma atividade prazerosa, e não deixe de conversar com amigos e familiares sobre o que você está sentindo. Você pode trocar ideias com quem já passou por isso aqui, nos fóruns do BabyCenter e do e-family. A gravidez muda a vida das pessoas, e até as mulheres que sempre tiveram como objetivo ser mãe passam por momentos de irritabilidade, vulnerabilidade e ansiedade. Tente se preservar um pouco. Fique longe do noticiário trágico, especialmente se ele envolver crianças. Você pode se surpreender como uma história que antes passaria batida pode deixá-la profundamente abalada.


As variações de humor podem ser sinal de outra coisa?
Se você acha que essas alterações são mais do que melancolias temporárias, talvez seja o caso de consultar um terapeuta. Cerca de 10 por cento das grávidas sofre de depressão moderada. Vale a pena tratar a depressão agora porque mulheres com depressão na gravidez têm mais tendência a ter depressão pós-parto.


Fonte: Baby Center Brasil

Cuidado ao dormir!!

Esse video é uma cooperação da Pri.

bjosss pra todos!!!

Cartaz de oração

Foi feita de E.V.A...legal para escola e igreja......lindoooo

Nó nos lenços!!!

Sempre tive dúvida em fazer o nó do lenço quadrado....esse video me ajudou muito, agora vou comprar uns lindos que vi!!! hehe......quem sabe vai ajudar muita gente tbém né?!!

bjkass

Mel (nutre e hidrata)


O mel é um grande humectante natural e um estupendo alimento para os tecidos epiteliais, já que os seus açúcares naturais são semelhantes aos factores hidratantes da própria pele que também nutrem. Por este motivo favorecem sobretudo as cútis secas e frágeis suavizando-as intensamente, ainda que em combinação com outros ingredientes também resulta uma boa máscara para todo o tipo de peles, inclusivamente para o cabelo.Devido à facilidade na sua obtenção, teve desde sempre um importante papel na cosmética caseira, motivo porque existem centenas de receitas nas quais se emprega como ingrediente principal. De algumas daremos conta mais adiante. Por outro lado, o mel também se pode empregar em casos de pequenas queimaduras ou feridas, úlceras, chagas ou fissuras da pele devido às suas propriedades cicatrizantes.
Guia de cosmética(mel para fazer em casa)Oferecemos-lhe uma colecção das melhores receitas naturais com mel. Recorde que deve aplicar as máscaras uma vez por semana, com uma massagem suave na cara, pescoço e busto ligeiramente humedecidos. Deixe-as actuar entre 20 a 30 minutos e uma vez secas retire-as com água tépida. Não se preocupe, retiram-se muito bem, inclusive as do cabelo.
Creme nutritivo básico:Bata uma clara de ovo e junte duas colheres de sopa de mel e uma colher de chá de azeite de amêndoas doces.
Para limpar peles gordurosas:Misture duas colheres de sumo puro de aloé vera com uma colher de chá de sumo de limão. Evite o contacto com os olhos.Desmaquilhante para peles secas:Junte duas gotas de azeite essencial de lavanda e duas de rosa a duas colheres de mel.
Desincrustante para aperfeiçoar a pele:Triture duas colheres de amêndoas na batedora. Junte uma colher de mel e duas de iogurte.
Exfoliante iluminador:Misture uma colher de aveia semi-moídos com, duas de água de rosas, uma colher pequena de açúcar e outra de mel.
Máscaras para peles desidratadas:Esmague um plátano maduro com uma colher de iogurte, outra de mel e um ovo e uma colher pequena de levedura de cerveja em pó.
Máscara revitalizadora:Faça uma pasta com a polpa de meio abacate, uma colher de iogurte, uma de mel e duas colheres pequenas de menta picada. Mantenha os olhos fechados.
Máscara nutritiva e abrilhantadora do cabelo:Misture duas colheres de mel com duas de vinagre de cidra de maçã e duas de azeite de gérmen de trigo ou de amêndoas doces. Utilize o mel que for necessário. Uma vez aplicada sobre o cabelo, cubra-o com um gorro de banho e com uma toalha quente.
Banho hidratante:Verta na banheira vazia um litro de leite (ou duas taças de leite em pó), uma taça de mel e outra de sal. Encha a banheira com água morna e junte finalmente umas gotas de óleo essencial de tomilho.
Creme suavizante e nutritivo para as mãos:Faça uma pasta com uma batata cozida, duas colheres de leite, duas de mel e uma colher pequena de óleo de gérmen de trigo. Deixe secar durante 20 minutos e retire.
Óleo fortificante para as unhas:Misture uma colher pequena de azeite de gérmen de trigo, uma de mel, duas de óleo de rícino e duas de sal com uma gema de ovo. Coloque nas unhas este preparado três noites por semana.
Bálsamo para os olhos:Misture duas colheres pequenas dos seguintes óleos – abacate, gérmen de trigo e calêndula com duas de manteiga de cacau e uma colher pequena de mel.
Limpeza corporal:Misture um quarto de litro de sumo de maçã com uma colher de sumo de limão, uma de mel e duas de óleo de amêndoas doces. Junte argila até formar uma pasta homogénea.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Lições!!!!

Escrito por Regina Brett, jornalista, 90 anos de idade, em The Plain Dealer, Cleveland , Ohio
Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi. Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê somente, o próximo passo, pequeno .

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.

9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.

16. Respire fundo. Isso acalma a mente.

17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

20. Quando se trata do que você mais gosta na vida, não aceite um não como resposta. Isso não vale para as pessoas.

21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use lingerie chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

23. Seja excêntrica agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..

26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'

27. Sempre escolha a vida.

28. Perdoe tudo de todo mundo.

29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.

31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

33. Acredite em milagres.

34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.

35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.

37. Suas crianças têm apenas uma infância.

38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.

41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.

42. O melhor ainda está por vir.

43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

44. Produza!

45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.

Deixem a igreja em paz!!!!

Chocolate e TPM!!

Por que as mulheres amam chocolate? “A serotonina é um neurotransmissor capaz de regular o sono, o humor e até o padrão alimentar.Os homens congeuem sintetizar a serotonina mais rapidamente do que as mulheres e são capazes de armazenar o dobro, por isso se controlam antes de atacar um chocolate. Já as mulheres, principalmente na TPM, têm queda na taxa de estrogênio e a elevação dos níveis de progesterona está associada também, a diminuição da serotonina (o chamado hormônio da felicidade). Como não há nenhum alimento capaz de aumentar mais a serotonina do que chocolates e doces, fica claro o porquê das mulheres precisarem de um chocolatinho de vez em quando”, explica Alessandra Rascovski, endocrinologista especializada em TPM.

Por isso é que quando vamos a restaurantes por quilo, quase sempre há aquela fila básica de mulheres na sessão de sobremesas. Parece até liquidação de vestido. E agora com a tendência da moda, tudo se complica ainda mais. Roupas nas cores de chocolate, maquiagens que têm os tons, a textura e até o cheiro de chocolate, escova de chocolate para as madeixas, esmalte que tem aquele brilho de chocolate, shampoos com cacau e ativos do chocolate. Enfim, é tudo chocolate.

“O chocolate nos dá a mesma sensação de estarmos apaixonadas. Quando estamos deprimidas e ingerimos o chocolate, ele nos proporciona paz, calma e equilibra novamente a nossa serotonina, atenuando a depressão e a ansiedade feminina. Fora que também é uma fonte de prazer rápida. Só de nos presentearmos já é um carinho que nos oferecemos”, afirma a nutróloga Daniela Hueb, que diz que a explicação pela obsessão feminina pelo chocolate está na oscilação constante de seu ciclo hormonal.