quarta-feira, 6 de julho de 2011

Sexo e vergonha


O desejo sexual está diretamente relacionado à imagem que temos do nosso corpo. Quando acreditamos que nossa aparência corporal é atraente, ou ao menos, agradável, sentiremos liberdade para nos exibir e nos expressar sexualmente.Já a insatisfação com a própria imagem corporal pode gerar inibições eróticas mais ou menos importantes.


Em geral, acreditamos que nosso corpo é pouco atraente quando não coincide com as expectativas sociais da “figura sensual”. No caso da mulher, a cultura latina idealiza um corpo delgado, com curvas pronunciadas, seios e nádegas proeminentes, quadris largos, cintura fina e pernas esculpidas. Algumas mulheres se sentem realmente angustiadas porque estão longe desses modelos tão tiranos de beleza física. Outras sentem-se à vontade com seu corpo, salvo alguns detalhes, como os “pneuzinhos”, ou um busto menor do que gostariam.

Uma mulher que não aceita, em maior ou menor grau, sua imagem corporal, estará tão ligada em seus supostos “defeitos” durante o ato sexual que não conseguirá relaxar e se entregar à experiência erótica. Exigirá que o encontro aconteça com a luz apagada, evitará ser observada ou estimulada nas regiões que não aceita, ou irá se recusar a tirar algumas peças de roupa para não ficar exposta à crítica.

O que fazer com essa dificuldade que atrapalha a satisfação sexual? Primeiro, é preciso analisar o que pode ser feito para melhorar o corpo, como dieta, ginástica, mudanças no estilo das roupas, penteado, maquiagem e até cirurgias estéticas. Deve-se levar em conta que, na maioria dos casos, o parceiro não compartilha a mesma opinião sobre o que seria um “defeito” ou parte do corpo menos atraente, e irá preferir se concentrar nos aspectos que considera mais excitantes.

Aprender a gostar de si mesma é parte do trabalho de construção de uma autoestima sólida. A tarefa consiste em tentar melhorar o que nos desagrada e aprender a valorizar os pontos fortes, para então começar a aceitar a estrutura física que temos.

COMO DECORAR COM UM ORÇAMENTO REDUZIDO




A decoração de qualquer ambiente de sua casa pode parecer uma tarefa impossível se você não dispuser de dinheiro suficiente. Apresentamos, a seguir, algumas idéias que ajudarão você a conseguir os melhores resultados com um orçamento reduzido.

Móveis pré-fabricados e pisos alternativos

A utilização de móveis pré-fabricados diminui consideravelmente os gastos na hora de decorar. Normalmente esse tipo de móvel é feito com materiais e acabamentos menos sofisticados (por exemplo: madeira não-envernizada ou materiais plásticos), o que não compromete sua qualidade. É importante levar em conta que alguma habilidade manual é necessária para sua instalação.

Em matéria de pisos, o mercado está repleto de inúmeras novas opções que substituem com grande êxito, e baixo custo, os materiais tradicionais. O piso laminado ou de cortiça, por exemplo, imitam muito bem a madeira. A cortiça, além de tudo, é um excelente isolante que pode ser pintado e envernizado depois de colocado. Se seu objetivo é trabalhar com um orçamento reduzido, evite materiais como o mármore ou a madeira, pois eles encarecem consideravelmente o custo final.

Objetos decorativos

Existem milhares de truques para reduzir gastos sem sacrificar o resultado final. Uma maneira de poupar dinheiro é aproveitar todos os objetos que você já tem em casa. Por exemplo, uma maneira de suprir a compra de quadros caros é recorrer a fotos, diplomas ou quebra-cabeças. Além disso, você pode substituir as estátuas por troféus ou criar seus próprios enfeites botânicos, com flores e folhas cortadas por você mesmo.

Alguns conselhos

Antes de começar qualquer obra de decoração, é importante elaborar um orçamento que determine em que você vai gastar seu dinheiro e quanto está disposto a investir. Vale a pena economizar na compra de cortinas ou lâmpadas para investir nos sofás, nas camas e nos materiais do banheiro.

Não se esqueça que sempre existe a possibilidade de você mesmo restaurar os móveis antigos, ou recorrer às lojas de segunda mão sem que isso implique em um resultado estético ruim.

Limão e unhas....fortalecedor

Limão é um ótimo fortalecedor de unhas, fora que é baratinho....então não tem mais desculpas para não se cuidar!!!!

video

Lifting natural....acabe com as rugas!!!!

Ovo é um excelente lifting natural...aproveite para deixar seu rosto lisinho, sem nenhuma ruguinha para aquela festa tão legal!!!!

video

Tomate e rosto...uma combinação perfeita!!!

Olhe esta dica para cuidar do seu rosto......tomate!!!! quem disse que essa fruta só serveria na salada?

video

Mãos mais macias!!!

Aveia, mel e limão......aproveite essa combinação, suas mãos irão agradecer!!

video

Baseado em uma história real!!!!

Este video é baseado em uma história real!!!! Se nós não darmos oportunidade a eles, eles mesmos se darão!!! Viva cada momento da sua vida como se fosse a última!!


video

Animals

Enjoy this opportunity!!!


video

Você sabe aproveitar o tempo quando está em casa?



Assistir TV ou falar ao telefone parecem ser as atividades escolhidas quando não temos o que fazer. Uma pesquisa revela resultados interessantes sobre o uso do tempo em casa.

No que você dedica o tempo livre?

Chegar em casa nem sempre representa o começo do descanso. Muitas vezes, ao contrário, você continua em plena atividade, organizando, limpando e executando uma infinidade de tarefas domésticas. Outras vezes, também, limita-se à rotina de ligar a TV e consumir estímulos que dificilmente relaxam. Por isso, um bom exercício é prestarmos atenção aos movimentos que realizamos, quando o que se procura é melhorar a qualidade do tempo de ócio na intimidade do lar. Porque uma simples alteração no ritmo habitual pode produzir efeitos muito bons.

Uma enquete reveladora

Um site espanhol da Internet realizou uma enquete com doze mil habitantes de todo o país, de todas as idades e classes sociais. E o resultado é muito interessante. Mais de sessenta por cento do total gostaria de reduzir o tempo dedicado ao consumo de meios audiovisuais e às conversas por telefone, para aumentar os momentos de ócio criativo ou hobbies, como a decoração, os trabalhos manuais, a jardinagem ou a culinária recreativa. Entre os mais inativos, de ambos os sexos, se encontram os jovens de 18 a 25 anos, e os mais velhos, de 46 a 65 anos. No caso específico das mulheres, é muito alta a porcentagem do tempo que elas dedicam às tarefas de limpar, cozinhar por obrigação e cuidar dos filhos. E é unânime o fato de considerá-las tediosas e carentes da diversão desejada.

Mudar a rotina

Uma vez que são identificadas aquelas atividades que são feitas de maneira automática e que não produzem nada de prazeroso, o aconselhável é optar entre a resolução de abandoná-las ou de transformá-las em algo positivo. Se você mora sozinha, faça o teste de criar um clima de descontração e bem-estar que conecte você com o seu lado mais criativo. Se você mora com a família, experimente compartilhar as tarefas que antes fazia sozinha ou ouvir suas músicas preferidas enquanto faz as atividades que mais detesta. Se você mora com um companheiro, um bom espaço para o relaxamento pode dar bons resultados. Lembre-se dos conselhos da sabedoria oriental: "a energia positiva no seu ambiente pode transformar a sua vida".

Relacionamento com o marido...vai dar certo????





Ter um bom relacionamento com o marido não é algo fácil, afinal de contas sempre existirão diferenças e modos desiguais em tomar atitudes ou escolhas. Isso é algo obvio, e que encontramos em todos os relacionamentos amorosos, pois ninguém é igual a ninguém. Mas a questão é: Existe uma maneira de mudar a situação e reverter às brigas, contendas, discórdias, desarmonias, divisões, discussões, desavenças, enfim, todo os bate bocas existentes na família?

A resposta é sim. Por mais difícil que possa parecer, sempre há uma saída, uma maneira para mudar, para reverter à situação. Realmente não é fácil, e na realidade nunca foi, porém quando a pessoa está decidida a mudar aquilo que vem tirando a sua paz, ela consegue, mas é necessário lutar e investir para que a resposta chegue até você.

Independentemente do que seu marido faz, fez ou está fazendo você pode conseguir mudar seus pensamentos e atitudes, basta se esforçar. Obviamente que diante dos erros, defeitos e magoas fica difícil ainda querer restituir o relacionamento, mas você deve observar aquilo que lhe agrada em seu marido, nas qualidades dele e então procurar diariamente conversar com ele.

Você não deve falar de cabeça quente, ou responder os momentos em que ele lhe chamar atenção, mas sim nos momentos em que vocês estiverem conversando calmamente, onde ele estará calmo e pronto para ouvir o que tanto você desejar falar. Assim você poderá apontar as coisas que gostaria que ele mudasse, as coisas que você gostaria que ele parasse de fazer e tudo mais. Lembre-se que a mulher sábia edifica a sua casa, então use esta sabedoria e melhore a cada dia mais o seu relacionamento amoroso e sua vida sentimental, pois só depende de você

Versão para Professores!!!




O Sermão da montanha (*versão para educadores*)
Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.

Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.

Tomando a palavra, disse-lhes: 
- Em verdade, em verdade vos digo:

- Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.
- Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
- Felizes os misericordiosos, porque eles...?

Pedro o interrompeu:

- Mestre, vamos ter que saber isso de cor?

André perguntou:
- É pra copiar?

Filipe lamentou-se:
- Esqueci meu papiro!

Bartolomeu quis saber:
- Vai cair na prova?

João levantou a mão:
- Posso ir ao banheiro?

Judas Iscariotes resmungou:

- O que é que a gente vai ganhar com isso?

Judas Tadeu defendeu-se:
- Foi o outro Judas que perguntou!

Tomé questionou:
- Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?

Tiago Maior indagou:
- Vai valer nota?

Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.

Simão Zelote gritou, nervoso: 
- Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?

Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:
- Isso que o senhor está fazendo é uma aula? 
- Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica?
- Quais são os objetivos gerais e específicos?
- Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?

Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas?
- E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais?
- Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?

Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:
- Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade.
- Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto.
- E vê lá se não vai reprovar alguém!

E, foi nesse momento que Jesus disse: "Senhor, por que me abandonastes..."